top of page

Interpretações poéticas sobre a segunda obra da série O paradoxo do pássaro livre

A segunda obra da série O paradoxo do pássaro livre, foi uma das pinturas que mais ressoaram interpretações dos visitantes das exposições, talvez pelo fato de ser um quadro grande e ter como personagem central uma mulher grávida.

A gravidez em si, me parece ser um tema rodeado de opiniões e esse foi um dos motivos que me inspirou a retratar esse momento.


Pintura a óleo de mulher grávida
Obra "2". Óleo e bordado sobre tela. 80 x 60 cm.

Nós mulheres,

dotadas da sabedoria inconsciente

do nosso corpo,

somos, constantemente, alvo


opiniões

opiniões

opiniões


em nós, desde menina,

é depositado amor e amargura

apoio e medo

conselho e trauma


nosso corpo um receptáculo

onde cabe uma nova vida

(que bonito)

mas também quantas críticas!

(isso só entre nós)

faz de conta que é pro seu bem


se quer ou não ser mãe

não é uma discussão

nosso corpo é público

se sente ou não prazer

você está se expondo demais


no entrelaçar de crenças

de outras gerações

braços, mãos, dedos

são como louças

lindas e frágeis

conselhos que são facilmente

quebrados

na dureza fria do dia-a-dia


ao olhar para o lado

na tentativa de se distanciar,

talvez ela (nós) se reconheça

como pássaro preso

ou tema o futuro


Modelo: Ana Ayupe

Fotógrafa: Darlene Braga


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page